Mineral Cromo
Compartilhar

Mineral Cromo

A importância potencial do cromo na dieta começou a ser reconhecida na década de 50. Nessa época, foi relatado que a intolerância à glicose em ratos poderia ser corrigida com a administração de cromo. A intolerância à glicose resulta da redução da capacidade de remoção do açúcar do sangue para as células.1

As principais fontes naturais de cromo são o cacau em pó, leite materno, batata, amido, tâmara, mel e o centeio.2

O cromo age associado com a insulina no metabolismo do açúcar. Ajuda a levar a proteína para os pontos onde ela é necessária.3

Atua potencializando a ação da insulina e assim influencia no metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas. Pelos seus efeitos na insulina, o cromo tem sido investigado por promover aumento de massa muscular em atletas.4,5

Devido à diminuição da ação da insulina, a deficiência do cromo pode aumentar a vontade de comer doces, além de estar associada ao ganho de peso. 2

Referências

  1. HENDLER, S. S. A Enciclopédia de Vitaminas e Minerais. Editora Campus, 1994, p.129-134.
  2. PASCHOAL, V., MARQUES, N., SANT’ANNA, V. Nutrição Clínica Funcional: Suplementação Nutricional. 1ª edição, São Paulo: VP Editora, 2013, p. 122-132.
  3. MINDELL, E. Vitaminas – Guia Prático das Propriedades e aplicações. Melhoramentos, 1996, p. 86-87.
  4. MASON, P. Dietary Supplements .3ª edição .Pharmaceutical Press, 2007, p. 71-75.
  5. Quick Access – Professional Guide to Conditions, Herbs & Supplements. Newton: Integrative Medicine Communications, 2000, p. 355-356.