Vitamina A
Compartilhar

Vitamina A

A vitamina A é lipossolúvel, isto é, precisa de gorduras para ser corretamente absorvida pelo aparelho digestivo. Ela se apresenta em duas formas: a vitamina A pré-formada, chamada de retinol (presente apenas em alimentos de origem animal) e a provitamina A, conhecida como caroteno (existente tanto em alimentos de origem animal como vegetal).1

As principais fontes naturais da vitamina A são o óleo de fígado de peixe, cenoura, vegetais verde-escuros e amarelos, ovos, leite e laticínios, margarina e frutas amarelas.1

A provitamina A, conhecida como caroteno, possui alta função antioxidante, atuando através da eliminação de radicais livres, sendo assim, coadjuvante no antienvelhecimento.2

A vitamina A exerce numerosas funções importantes no organismo, como ação protetora da pele e mucosas e papel essencial na função da retina e da capacidade funcional dos órgãos de reprodução.3

Por ser essencial para o funcionamento normal da retina, auxilia na adaptação visual ao escuro, prevenindo a cegueira noturna e melhorando a visão.4 Além da cegueira noturna, essa vitamina também colabora no tratamento de muitos problemas visuais.1

A vitamina A ajuda na formação da resistência às infecções respiratórias, sendo coadjuvante no funcionamento adequado do sistema imunológico, bem como mantém saudáveis as camadas externas dos tecidos e órgãos.1 Além disso, também é importante no desenvolvimento embrionário e crescimento.4

É uma das vitaminas necessárias para o crescimento das membranas celulares e para a reparação da pele durante a cicatrização de queimaduras e feridas, sendo também utilizada no tratamento de outros problemas de pele, como acne e psoríase.5

A deficiência da vitamina A no organismo é decorrente à reduzida ingestão de alimentos ricos em vitamina A por tempo prolongado e está relacionada com problemas oculares, perda de apetite, retardo no crescimento, aumento de infecções, entre outros sintomas.2 Sua deficiência também está relacionada com problemas de obesidade, devido esta vitamina estar associada ao metabolismo da tireoide e, possivelmente, também inibir a adipogênese (formação das células de gordura).6

Referências

  1. MINDELL, E. Vitaminas – Guia Prático das Propriedades e aplicações. Melhoramentos, 1996, p. 40-42.
  2. PENTEADO, M. V. C. Vitaminas: Aspectos nutricionais, bioquímicos, clínicos e analíticos. Barueri, SP : Manole, 2003, p. 55-72.
  3. FRANCO, G. Tabela de Composição Química dos Alimentos. 9ª edição, Atheneu, 1999, p. 9-15.
  4. MASON, P. Dietary Supplements. 3ª edição. Pharmaceutical Press, 2007, p. 312-317.
  5. Quick Access – Professional Guide to Conditions, Herbs & Supplements. Newton: Integrative Medicine Communications, 2000, p. 396-397.
  6. LEÃO, A. L.; DOS SANTOS, L. C. [Micronutrient consumption and overweight: is there a relationship?]. Rev Bras Epidemiol., v. 15, n.1, p.85-9, 2012.