Vitaminas e Minerais

Vitamina A

23 de agosto de 2019 . por Catarinense Pharma

Funções reconhecidas para este nutriente:

  • A vitamina A auxilia na visão.
  • A vitamina A auxilia no funcionamento do sistema imune.
  • A vitamina A auxilia no metabolismo do ferro.
  • A vitamina A contribui para a manutenção da pele.
  • A vitamina A auxilia na manutenção de mucosas.
  • A vitamina A auxilia no processo de diferenciação celular.

A vitamina A foi a primeira vitamina lipossolúvel a ser reconhecida, o que ocorreu em 1913. É constituída por moléculas contendo 20 carbonos em sua estrutura. O termo vitamina A compreende o retinol e todos os carotenoides dietéticos que têm atividade biológica de retinol.¹

Por ser uma vitamina lipossolúvel precisa de gorduras para ser absorvida pelo aparelho digestivo, e é encontrada em duas diferentes formas: a vitamina A pré-formada, chamada de retinol e a provitamina A, conhecida como caroteno.2

  Os carotenoides são designados como formas pró-vitamínicas, por sua capacidade de bioconversão a retinol.1 Essa transformação ocorre, principalmente, nas células absortivas do intestino.3 A vitamina A pré-formada é encontrada em fontes de origem animal (fígado, gema de ovo e produtos lácteos), enquanto os carotenoides são encontrados, em fontes de origem vegetal como óleos, frutas e vegetais (principalmente com cor entre amarelo e laranja). 1,3

  A vitamina A exerce várias funções no organismo, como contribuir para a manutenção da pele e mucosas, auxiliar na visão, no metabolismo do ferro, no funcionamento do sistema imune e no processo de diferenciação celular.4 A provitamina A, conhecida como caroteno, possui também função antioxidante, atuando através da neutralização de radicais livres.1,5

  A vitamina A atua na integridade das células epiteliais em todo o corpo. O ácido retinóico (vitamina A após ser convertida no organismo), regula a expressão de vários genes que codificam para proteínas estruturais, por exemplo, queratinas da pele.1,3 É uma das vitaminas necessárias para o crescimento das membranas celulares e para a reparação da pele.7

  Além disso tem um papel na manutenção da integridade dos processos visuais.1 Por auxiliar no funcionamento normal da retina, e auxilia na adaptação visual ao escuro, auxilia melhorando a visão.2 O efeito clínico mais conhecido da ingestão inadequada de vitamina A é a xeroftalmia, conhecida como “cegueira noturna”.3

A vitamina A e o ß-caroteno aumentam a biodisponibilidade do ferro não-heme, por isso também são relacionados ao metabolismo do ferro.8

Outro importante papel nutricional da vitamina A é sua participação no sistema imune. Ela desempenha papel-chave na manutenção da integridade das mucosas, diferenciação, crescimento e função de algumas células do sistema imune, além de auxiliar na modulação da resposta dessas células, e na expressão de mucina, queratina e citocinas, e produção de imunoglobulinas.3

A vitamina A é um micronutriente importante também nos momentos de intenso crescimento e desenvolvimento. Na fase embrionária a vitamina A, sob a forma de ácido retinóico, está presente no desenvolvimento dos membros e no crescimento.1,6

A deficiência da vitamina A no organismo é decorrente à reduzida ingestão de alimentos ricos em vitamina A por tempo prolongado e está relacionada com problemas oculares, desordens no crescimento e imunidade, entre outros sintomas.5

Referências

  1. RAMALHO, A . Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes: Vitamina A. Série de Publicações ILSI Brasil. São Paulo: Publicações ILSI-Brasil, 2010.
  2. MINDELL, E. Vitaminas – Guia Prático das Propriedades e aplicações. Melhoramentos, 1996, p. 40-42.
  3. IOM (Institute of Medicine). Dietary reference intakes for vitamin A, vitamin K, arsenic, boron, chromium, copper, iodine, iron, manganese, molybdenum, nickel, silicon, vanadium, and zinc. 2001.
  4. Instrução Normativa nº 28 de 26 de julho de 2018.
  5. PENTEADO, M. V. C. Vitaminas: Aspectos nutricionais, bioquímicos, clínicos e analíticos. Barueri, SP : Manole, 2003, p. 55-72.
  6. MASON, P. Dietary Supplements. 3ª edição. Pharmaceutical Press, 2007, p. 312-317.
  7. Quick Access – Professional Guide to Conditions, Herbs & Supplements. Newton: Integrative Medicine Communications, 2000, p. 396-397.
  8. FISBERG, M.; BRAGA J.A.P.; BARBOSA T.N.N.; MARTINS F.O. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes: Ferro. Série de Publicações ILSI Brasil. São Paulo: Publicações ILSI-Brasil, 2008.

 

Escrito por

Catarinense Pharma

Nosso Instagram